Você pode ter sofrido algum ataque em seu computador e nem ter percebido, isso graças à sutilidade do trabalho de alguns criminosos. Eles conseguem acesso aos seus documentos e senhas através de várias formas de acesso remoto sem deixar qualquer pista no seu computador. Dessa maneira, a única forma de pegar esses espertinhos no pulo é montando uma armadilha ou posicionando uma isca, como preferir. É exatamente isso que Marcus Carey oferece com o HoneyDocs, um serviço que cria pastas atraentes para hackers e consegue rastrear a localização dos criminosos.

O app tem uma versão gratuita e outra paga, essa última com recursos mais avançados, que cria pastas nomeadas como “senhas”, “cartões de crédito” e coisas do gênero às quais hackers simplesmente não conseguem resistir, mesmo que tenham uma pontinha de dúvida. Afinal, se trata de uma pasta inocente, não é? Ao abrir as pastas-isca, um pixel de 1x1 salvo no diretório envia informações do invasor de volta para o invadido.

Dessa maneira, o usuário consegue o IP do criminoso e sua localização geográfica aproximada adquirida pelo registro de conexão à internet. Na versão paga, é possível receber alertas de invasão por email ou SMS e ficar a par de tudo o que acontece no HoneyDocs.

A ferramenta foi lançada há poucas semanas, mas um usuário dos EUA já resolveu “grampear” seus documentos salvos no Dropbox. Para sua surpresa, recebeu uma série de alertas de acesso aos seus arquivos. A empresa afirmou que o serviço abre todos os arquivos dos clientes para a criação das pré-visualizações que você vê no lugar dos ícones no site do Dropbox.

Cupons de desconto TecMundo: