(Fonte da imagem: Reprodução/The Hinterland)

John McAfee é um dos pioneiros da indústria dos antivírus, tendo criado o software com seu sobrenome e tendo influência fundamental no mundo da segurança tecnológica. Sua imagem, porém, está longe de ser o clichê do CEO nerd e dedicado. Muito pelo contrário, a vida dele é recheada de fugas e acusações de assassinato.

Justamente para contar essa história, McAfee criou um blog para contar suas histórias de fugitivo em Belize, onde mora. Em vez de encontrar a paz, porém, ele acabou sendo o principal suspeito no assassinato de Gregory Faull, um americano que era seu vizinho e foi morto a tiros após registrar queixas contra o criador do antivírus devido à sua coleção de armas e “comportamento instável”.

Toda essa trama, além de render material para pelo menos um ano de postagens virtuais, também vai gerar a graphic novel "The Hinterland", que está sendo escrita por Chad Essley, amigo de McAfee. Ele garante que as acusações são uma tentativa do governo de Belize para que ele deixe o país e afirma estar disposto a brigar por sua permanência no local, que ele diz ser “o melhor do mundo”.

Acusações à imprensa também não faltam. Além de afirmar que a mídia sensacionalizou todos os problemas de sua vida, efetivamente transformando-o em um fugitivo procurado, McAfee acusa o site Gizmodo de dedicar boa parte de sua cobertura a revelar o “lado negro” dele ao público.

Cupons de desconto TecMundo: