A Microsoft parece ter trabalhado intensamente no intuito de garantir a segurança de seu novo sistema operacional. Um estudo realizado pela empresa BitDefender mostra que o Windows 8 e o Windows Defender juntos conseguem bloquear cerca de 85% das ameaças mais recentes — foram testadas 385 pragas virtuais e apenas 61 não foram bloqueadas.

Apesar dos resultados aparentemente bons, a BitDefender avisa que é um engano se deixar levar pelos números atuais. O Windows 8 ainda é muito recente e em breve o número de malwares disponíveis deve aumentar exponencialmente. A empresa ainda diz que “a maioria dos antivírus populares poderia conseguir resultados melhores” e que “utilizar o PC sem uma solução de segurança é extremamente arriscado”.

Vale lembrar que a BitDefender — empresa que realizou os testes com a dupla da Microsoft — também possui um dos antivírus mais utilizados em todo o mundo (de mesmo nome, BitDefender, que pode ser baixado por este link). Independente disso, é preciso relembrar que a melhor forma de manter o seu computador livre de ameaças é com uma utilização consciente.