Quem já não ouviu histórias de pessoas que formataram todo o conteúdo de um disco rígido, mas ao mandar o computador para um técnico foi possível recuperar diversos documentos? Da mesma forma, é comum ouvir história sobre empresas que simplesmente preferem destruir fisicamente os HDs de computadores antigos do que revendê-los, como forma de manter a segurança de dados.

Ao procurar um pouco em sites de busca, é possível encontrar diversas relatos de pessoas que tiveram dados confidenciais roubados ao vender computadores antigos, que tinham sido cuidadosamente formatados anteriormente. Será que é possível recuperar tão facilmente assim dados que foram deletados, e ninguém está realmente seguro ao excluir arquivos confidenciais? Afinal, não basta simplesmente apagar os arquivos para retirá-los do HD?

Recuperando arquivos apagados

Nem todo mundo sabe, mas ao apagar os arquivos de um disco rígido, os dados relativos a eles permanecem armazenados. Por mais que o Windows indique que foi liberado espaço em disco, é possível recuperar arquivos gigantescos de forma relativamente fácil utilizando diversos softwares que se propõem a essa tarefa. Com isso, por mais que você faça um processo de formatação completo, é possível recuperar de maneira bastante fácil vários dados, incluindo senhas e códigos de segurança.

Mas por que é tão fácil recuperar arquivos de um HD? Isso acontece porque quando o usuário mandar apagar determinado arquivo, os dados relativos a ele não são removidos do disco. Isso acontece porque o processo de remoção completo seria extremamente lento e trabalhoso, podendo inclusive prejudicar a vida útil do disco.

Todo arquivo presente no disco rígido é registrado em um índice mantido pelo sistema, que tem como principal objetivo facilitar a rapidez com que os dados são acessados. Quando você remove determinado documento do computador, o registro dele é excluído deste índice, deixando de ser listado pelo Windows. Porém, todos os dados relativos a ele ainda estão gravados no HD, o que permite a recuperação destes arquivos.

Para entender mais facilmente, podemos utilizar o exemplo de uma tabela criada no Excel. Imagine que em todas as linhas e colunas estejam preenchidas: ao apagar determinada palavra ou frase, aquele espaço se torna disponível para a inclusão de novas palavras ou frases. O disco rígido do computador funciona da mesma forma: ao excluir um arquivo, o espaço ocupado por ele anteriormente se torna disponível para a gravação de outros dados. Mas se nunca for gravado algum arquivo neste espaço, é possível recuperar documentos anteriores.

Essa forma de funcionamento do disco explica porque nem todos os arquivos que você apagou podem ser recuperados. Isto acontece normalmente quando o espaço liberado anteriormente já foi ocupado por outros dados, impedindo a recuperação de documentos antigos. Por isso que é recomendado utilizar softwares de recuperação de dados imediatamente após apagar o documento necessário. Quanto mais tempo você esperar, menores as chances de que a recuperação seja possível.

Como apagar dados de uma vez por todas?

Depois de ler toda essa explicação, pode ter ficado a impressão de que é impossível apagar dados de maneira definitiva, e sempre haverá jeito de recuperar algum arquivo que se considerava perdido de vez. Quando se trata de documentos apagados do jeito tradicional, isto pode até ser verdade, mas existem alguns métodos que garantem a limpeza total do disco rígido.

O primeiro deles seria preencher todo o espaço com arquivos desnecessário e que não causariam prejuízos caso fossem recuperados por outras pessoas. Este processo parte do princípio de que basta ocupar o espaço ocupado pelos arquivos anteriores para que eles não possam ser mais acessados. Esse método não é muito recomendado, especialmente quando se trata de um disco rígido com uma capacidade grande de armazenamento.

Outro método bastante utilizado é o chamado Zero Fill, que consiste em colocar em cada bit do HD o valor binário zero, deixando o dispositivo com as mesmas características de quando saiu de fábrica. Programas que realizam esta tarefa costumam ser disponibilizados pelos próprios fabricantes do disco rígido, portanto basta um acesso rápido ao site oficial do produto para verificar a disponibilidade desta opção. Embora seja bastante eficiente, não é recomendado utilizar este método de maneira constante, pois é possível que surjam danos no hardware utilizado. Mais detalhes sobre o Zero Fill podem ser encontrados neste artigo.

A alternativa mais viável e rápida para a maioria dos usuários é utilizar alguns programas que eliminam de maneira definitiva qualquer conteúdo enviado à lixeira do computador. Os métodos utilizados são diversos, mas todos com o mesmo resultado: depois de efetuado o processo, por mais tentativas que faça, nenhuma pessoa será capaz de recuperar os dados que foram apagados. Mais detalhes de como manter a privacidade e uma lista de programas úteis podem ser encontrados no artigo “Deletados para sempre!”.

Cupons de desconto TecMundo: