Hoteis migram para Chrome OS para escapar de ransomware

1 min de leitura
Imagem de: Hoteis migram para Chrome OS para escapar de ransomware
Imagem: Nordic Choice
Avatar do autor

A rede de hoteis Nordic Choice encontrou uma solução criativa e que pode virar um padrão para reduzir os danos de um ataque ransomware contra servidores corporativos.

Em um comunicado enviado à imprensa, a companhia informa que trocou os dispositivos infectados, que utilizavam o Windows como sistema operacional, para uma infraestrutura totalmente baseada no Chrome OS. Além de fazer a migração de forma simples utilizando um software de transferência de arquivos e configurações, o hotel foi capaz de economizar ao reativar PCs mais antigos, mas que rodam sem problemas a nova plataforma.

Por causa do ataque, ocorrido em dezembro de 2021, a rede ficou impossibilitada de sincronizar dados entre as unidades e não conseguia nem emitir os cartões de acesso aos quartos.

Não é um método perfeito

O Nordic Choice alega que já estava testando essa possibilidade antes do ransomware, mas levando em conta apenas o fator econômico. Entretanto, o ciberataque agilizou os planos e ainda provou que o sistema dá certo — o que significa que ele pode ser viável em outras companhias atacadas por essa modalidade de golpe.

Segundo o comunicado, em menos de 24 horas uma das unidades já estava com o ecossistema do Google funcionando normalmente e, dois dias depois, esse número passou para 2 mil computadores em 212 hotéis de cinco países.

A divulgação dos dados pessoais roubados após não pagamento do resgate.A divulgação dos dados pessoais roubados após não pagamento do resgate.Fonte:  The Record 

Entretanto, o não pagamento do resgate fez com que dados pessoais de hóspedes e detalhes como a data em que a pessoa esteve nos quartos fossem vazados em um fórum. A rede alega que nenhuma informação financeira foi divulgada.