Golpe finge ser outro app e te cadastra em serviço de SMS

1 min de leitura
Imagem de: Golpe finge ser outro app e te cadastra em serviço de SMS
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

A empresa de segurança Avast detectou um novo golpe envolvendo dispositivos móveis e serviços de mensagens instantâneas na modalidade SMS. Batizado de UltimaSMS, o esquema se disfarça de uma promoção e, ao conseguir certas permissões do seu celular, faz o usuário assinar um "serviço premium" de SMS que pode custar caro para a vítima.

Ao todo, 151 aplicativos falsos disfarçados de programas comuns foram identificados e já apagados da Google Play Store. Eles foram baixados mais de 10,5 milhões de vezes e se vendem como teclados virtuais, conjuntos de papéis de parede, filtros para câmera, lanternas e outros utilitários.

Enganando a vítima

Depois de baixado e instalado, o aplicativo nocivo é capaz de ler algumas informações do aparelho (incluindo o IMEI) para adaptar o idioma do golpe à região do usuário e dar mais credibilidade para o esquema.

Nas telas que prometem sorteios e promoções, você precisa colocar o seu número de telefone, endereço de email e mais alguns dados. É nesse momento que você é levado a assinar um serviço premium de SMS, que pode custar até US$ 40 mensais — ou R$ 225 em conversão direta de moeda — sem oferecer de fato alguma vantagem.

Algumas das telas do serviço falso com promoções que usam o seu número de celular.Algumas das telas do serviço falso com promoções que usam o seu número de celular.Fonte:  Avast 

Depois do cadastro bem sucedido, você se depara com mensagens de erro e tentativas de levar você a fechar o app. Como a cobrança passa pela operadora, ela pode identificar o serviço estranho e avisar as vítimas, mas nem sempre isso acontece.

De acordo com a Avast, o golpe atual tem como principais alvos Egito, Arábia Saudita, Paquistão, Emirados Árabes Unidos e Turquia. Entretanto, como ele é adaptável a outras línguas, é possível "importá-lo" facilmente.

Fontes