Apple diz que Face ID está mais eficiente contra falhas no iOS 15

1 min de leitura
Imagem de: Apple diz que Face ID está mais eficiente contra falhas no iOS 15
Imagem: franz12/Shutterstock
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Lançado nesta segunda-feira (20), o iOS 15 chegou aos usuários com novos recursos e correções. Dentre as principais mudanças, estão os ajustes efetuados no Face ID, um dos principais métodos de segurança utilizados pelos dispositivos da Apple. Segundo a empresa, a função está ainda mais eficiente contra falhas e acessos indesejados.

A descrição do ajuste estabelece que, anteriormente, usuários conseguiam acessar dispositivos alheios por meio de uma face modelada digitalmente — um "rosto em 3D". Nesse contexto, conforme explica a documentação do sistema operacional, a Apple aprimorou os modelos "antifraude" do próprio Face ID para solucionar o problema.

Embora a eficácia da mudança ainda não tenha sido testada, a novidade é uma importante adição aos fatores de segurança do iOS — já que até mesmo irmãos gêmeos conseguiam a façanha de burlar o sistema. Todavia, a tecnologia ainda é bastante robusta e superior a encontrada nos dispositivos concorrentes com Android.

Apesar dos esforços, um usuário não conseguiu burlar o Face ID utilizando uma réplica impressa de sua face; dispositivos Android foram reprovados. (Fonte: PED30 / Reprodução)Apesar dos esforços, um usuário não conseguiu burlar o Face ID utilizando uma réplica impressa de sua face; dispositivos Android foram reprovados. (Fonte: PED30 / Reprodução)Fonte:  PED30 

Naturalmente, a novidade está disponível para todos os dispositivos da Apple com sensor TrueDepht e iOS/iPadOS 15, sendo eles: iPhone X, iPhone XR e iPhone XS; linha iPhone 11; linha iPhone 12; iPad Pro 11" e iPad Pro de 3ª geração. Veja como obter a nova atualização clicando aqui.

Fontes