Dia da Internet Segura: dicas para proteger seus dados

1 min de leitura
Imagem de: Dia da Internet Segura: dicas para proteger seus dados
Imagem: Rawpixel
Avatar do autor

Nesta terça-feira (9), é celebrado o Dia da Internet Segura, iniciativa anual que objetiva promover a conscientização em torno do uso seguro, responsável e ético das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs).

O tema ficou ainda mais importante com a pandemia do coronavírus, que ampliou o uso da internet. Além disso, com a chegada das redes 5G, espera-se um aumento considerável no volume de informações sensíveis circulando. Diante dessas circunstâncias, saber como proteger seus dados online é fundamental.

Para o coordenador do curso de Gestão de Startups e Empreendedorismo Digital do Centro Universitário Internacional Uninter Armando Kolbe Júnior, cuidados simples e que podem ser tomados por qualquer um garantem uma navegação mais segura.

Usar senhas fracas e repetidas é um erro bastante comum.Usar senhas fracas e repetidas é um erro bastante comum.Fonte:  Rawpixel 

Uma das boas práticas para proteger suas informações pessoais é não concordar com os termos de uso e a política de privacidade ao se cadastrar em redes sociais, lojas online e plataformas de jogos antes de ler o texto descritivo, pois o documento demonstra como os dados são tratados pelas empresas.

Mais dicas de proteção

O especialista também alerta quanto ao uso de senhas fracas e da mesma combinação em vários serviços. O ideal é criar códigos diferentes para cada plataforma, usando mais de oito caracteres, letras maiúsculas, minúsculas, caracteres especiais e números, além de ativar a verificação em duas etapas.

Cuidados com e-mails suspeitos, uma arma bastante utilizada pelos cibercriminosos para roubar dados em golpes de phishing, também são fundamentais. Você deve verificar o endereço do remetente (se é desconhecido) e a existência de anexos, principalmente com a extensão “.exe”. Caso identifique tais características, não abra e exclua a mensagem imediatamente.

Ele cita ainda a importância de não publicar fotos e vídeos sem autorização e de não deixar as crianças acessarem a internet sem a supervisão de um adulto. Não praticar violência online e denunciar o cyberbullying são outras ações fundamentais para a segurança na rede.

Dia da Internet Segura: dicas para proteger seus dados