SP cria divisão policial especializada em crimes cibernéticos

1 min de leitura
Imagem de: SP cria divisão policial especializada em crimes cibernéticos
Imagem: Ciete Silvério/Governo do Estado de SP
Avatar do autor

O governador de São Paulo, João Dória, confirmou a criação da Divisão de Crimes Cibernéticos (DCCIBER) da Polícia Civil, um grupo especializado na investigação de casos que ocorrem no meio virtual ou utilizando ferramentas online, tais como ataques hacker, casos de phishing e outros tipos degolpes e fraudes. A novidade já está publicada no Diário Oficial a partir do Decreto nº 65.241.

Com a DCCIBER, a Polícia Civil de São Paulo ganha uma divisão mais focada e apta para lidar com o assunto. Segundo a organização, 50 oficiais já realizaram um curso de especialização em investigação e coleta de informações, enquanto outros 30 iniciam em novembro o módulo de Técnicas de Investigação de Crimes Cometidos por Meio Eletrônico.

A DCCIBER ficará sediada no prédio do Palácio da Polícia, no bairro da Luz, e será comandada pelo delegado Gaetano Vergine. O departamento será composto por quatro outras delegacias: uma de Fraudes contra Instituições Financeiras praticadas por meios Eletrônicos; uma de Fraudes contra Instituições de Comércio Eletrônico praticada por meios Eletrônicos; uma de Violação de Dispositivos Eletrônicos e Redes de Dados; e outra especializada em Lavagem e Ocultação de Ativos Ilícitos por Meios Eletrônicos. Um centro de inteligência e um laboratório técnico de análises também farão parte da estrutura.

SP cria divisão policial especializada em crimes cibernéticos