Parece que a vigilância da internet está cada vez mais pesada para os internautas americanos, agora que o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos declarou que vai usar contas “fake” para procurar pessoas que twittem palavras que possam representar um perigo para a nação.

De acordo com o site Mail Online, o que atrairá a atenção do departamento vai de termos que possam representar ameaças biológicas de todo o tipo, como “surto”, “epidemia” e “vírus”, até palavras obscuras e ambíguas, como “strain”, que pode tanto significar “esforço” como “tensão”.

Segurança vs. privacidade

Ainda não se sabe para que as informações coletadas serão usadas, nem se o governo irá tentar identificar o contexto da frase antes de passar a vigiar as pessoas. E é claro que em um dos países mais preocupados com privacidade isso não poderia passar sem várias reclamações.

O grupo de privacidade online Electronic Privacy Information Centre já entrou na justiça pedindo por informações dos perfis falsos e dos dados coletados pelo departamento, usando como base o ato de liberdade de informação. Mesmo assim, o pedido ainda não teve uma resposta.

Cupons de desconto TecMundo: