Chrome volta a aumentar participação no mercado de navegadores

1 min de leitura
Imagem de: Chrome volta a aumentar participação no mercado de navegadores
Avatar do autor

Relatório da Statcounter mostra que a participação do Google Chrome no mercado de navegadores voltou a aumentar em janeiro de 2020. O navegador alcançou a preferência de 64,1% dos usuários em todos os dispositivos, após uma leve retração no último trimestre de 2019.

O Safari da Apple é o segundo com 17,21%. O Mozilla Firefox, em terceiro, tem 4,7%, seguido de perto pelo Samsung Internet, com 3,3% do mercado. O UC Browser aparece em quinto navegador mais popular com 2,61% e o Opera em sexto, com 2,26%.

Desde que passou o Internet Explorer em 2012 e assumiu a liderança do mercado, o Chrome não deixou de estar na primeira colocação em nenhum momento.

A supremacia da Google é reconhecida pela Microsoft, que teve seus navegadores na sétima e oitava colocação das preferências. A responsável pelo sistema operacional Windows lançou, recentemente, uma nova versão de seu navegador Edge baseado no Chromium, o projeto de código aberto que deu origem ao Chrome.

Participação por dispositivo

(Fonte: Pixabay)

Em dispositivos desktop, o Chrome liderou com 68,78%. Mas vem registrando uma leve queda ao longo dos últimos 15 meses. Enquanto isso, o Firefox mantém-se firme no segundo lugar tem 9,87%. O Safari, que vinha ganhando lentamente espaço e quase alcançou a segunda colocação, teve uma queda e está em terceiro com 8,64% das preferências.

A preferência pelo Chrome em smartphones ficou em 61,77%, seguido pelo Safari, com 22,84%. O Samsung Internet aparece em terceiro colocado com 6,4% de participação. O UC Browser, em quarto, teve 4,79% em janeiro, seguido pelo Opera, com 2,14%.

O único dispositivo em que o Chrome não tem a maior preferência dos usuários é o tablet, liderado pelo Safari, navegador nativo dos iPads. No entanto, enquanto o Chrome, segundo colocado, viu a sua participação crescer rapidamente de 23,43%, em setembro de 2019, para 32,42%, em janeiro de 2020, o Safari, líder nos tablets, viu sua participação cair de 66,05% para 52,93% O Android está na terceira posição isolada com 12,2% de preferência.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Chrome volta a aumentar participação no mercado de navegadores