Programas de segurança para emails são ineficientes, diz estudo

1 min de leitura
Imagem de: Programas de segurança para emails são ineficientes, diz estudo
Avatar do autor

Os melhores serviços de segurança de email podem não ser suficientes para proteger seu computador, segundo uma análise da companhia BitDam. Intitulado The Blind Spots of Email Security, o estudo analisou a eficiência dos serviços em identificar arquivos maliciosos nesse tipo de correspondência.

Para tanto, a companhia utilizou diversas amostras de arquivos com "ameaças desconhecidas". Com inúmeros testes, foi possível observar que havia um perigoso intervalo entre a chegada da ameaça à caixa de entrada e o tempo de resposta dos serviços de segurança.

Taxas de erro

(Fonte: Pexels)

Os testes, feitos no fim de 2019, duraram mais de 7 semanas. Durante esse período, dois aspectos foram analisados: o tempo de resposta do programa e as taxas de erro referentes ao primeiro contato com o problema. O programa Office ATP 365 identificou 20% das ameaças desconhecidas cerca de 4 dias depois, destacando que alguns arquivos maliciosos sequer foram detectados. A taxa de erro apresentada foi de 23%, enquanto o tempo médio de resposta chegou a 48 horas.

O G Suite, serviço oferecido pela Google, apresentou taxa de erro de 35,5% e tempo de resposta de 26 horas. O programa demorou cerca de 3 dias para identificar 10% das ameaças desconhecidas.

Segurança de empresas

As lacunas apresentadas desde a chegada da mensagem até a identificação do problema vulnerabiliza o sistema de diversas empresas — que são, afinal, os clientes mais comuns desse tipo de serviço.

Com essas taxas de erro, as empresas que utilizam programas de segurança para proteger seu sistema podem ficar até 4 dias expostas a malwares, ransomwares e práticas como phishing. O que você acha disso? Deixa sua opinião nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Programas de segurança para emails são ineficientes, diz estudo