Amazon afirma que conversas com Alexa ficam guardadas em seus servidores

1 min de leitura
Imagem de: Amazon afirma que conversas com Alexa ficam guardadas em seus servidores
Avatar do autor

Em resposta a uma requisição feita pelo Senado dos Estados Unidos, a Amazon revelou que mantém todas as conversas feitas com a Alexa por meio de alto-falantes inteligentes Echo guardadas em seus servidores.

A revelação foi feita pela própria Amazon na última quarta-feira (3), em resposta a alguns questionamentos do senador Chris Coons. “Nós mantemos as gravações de voz transcritas até o consumidor pedir que sejam apagadas”, explicou a companhia, alegando que guardar esses registros é a melhor forma de atender ao consumidor caso alguma ajuda seja necessária.

Para o usuário não ter essas informações gravadas, é preciso desativar essa opção dentro da aba de privacidade da conta. Entretanto, Brian Huseman, vice-presidente de políticas públicas da Amazon, ressaltou que “outras interações dos usuários com a Alexa” ainda podem ser armazenadas.

(Fonte: Amazon/Divulgação)

Ainda faltam esclarecimentos

Em resposta à Amazon, o senador afirmou que ainda não ficou muito clara a forma como a empresa lida com essas informações dos usuários, e que seria de bom grado ter uma explicação mais detalhada a respeito desse assunto.

“Agradeço à Amazon pela velocidade com que me respondeu, e isso mostra uma preocupação com a proteção das informações dos usuários. Entretanto, essa resposta deixa aberta a possibilidade de que essas interações transcritas não são deletadas dos servidores ainda que o usuário tenha feito isso manualmente. Também é incerta a forma como a empresa compartilha esses dados com parceiros. As pessoas merecem saber como seus dados são usados”, ressaltou Coons.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Amazon afirma que conversas com Alexa ficam guardadas em seus servidores