Google tem uma lista de tudo o que você comprou online graças ao Gmail

2 min de leitura
Imagem de: Google tem uma lista de tudo o que você comprou online graças ao Gmail
Fonte: litmus
Avatar do autor

A Google gastou bastante tempo falando sobre privacidade e uso responsável das informações dos usuários de seus produtos durante a I/O 2019, mas as práticas da empresa não estão totalmente de acordo com o que Sundar Pichai, CEO da companhia, diz. Segundo descobriu a CNBC, a empresa tem uma lista de tudo o que você compra na internet — e até de algumas coisas compradas em lojas físicas — graças ao Gmail.

Se você usa o serviço da Google como sua principal caixa de entrada para email, os recibos e notas fiscais de tudo o que você adquire na web provavelmente vão para lá. A Google consegue então extrair as informações de todas essas compras e organizá-las em uma lista bastante reveladora.

googleGoogle registra quase tudo o que eu compro, especialmente aquisições na internet (fonte: Google)

Na minha lista, por exemplo, tem compras e alugueis de conteúdo da Play Store, mas também produtos comprados na Amazon, Americanas e até lojas de móveis que me mandaram notas ficais por email. Pior do que rastrear todas as compras online e algumas offline dos usuários é dificultar a limpeza desses registros.

A Google sabe praticamente tudo o que eu comprei na web desde 2014, mas se eu quiser deletar essas informações, tenho que abrir cada uma das compras e dar alguns cliques para confirmar a exclusão. Você pode ver a sua própria lista de compras registradas pela Google aqui.

Em comunicado enviado à CNBC, a Google informa que nenhuma dessas informações é usada para distribuir anúncios aos usuários. Elas também aparentemente não são compartilhadas com nenhuma empresa terceira ou pessoa, mas alguns serviços Google podem acessá-los para “personalizar” a experiência de uso.

GoogleÉ preciso abrir item por item e, depois deletar os emails referentes às compras. O processo é lento e complexo (fonte: Google)

Não usamos informações dos seus emails no Gmail para distribuir anúncios, e isso inclui as notas fiscais de confirmações de compra

“Para ajudar você a ver todas as suas compras, reservas e assinaturas em um só lugar, nós criamos uma página privada que só você pode acessar”, escreveu um porta-voz da empresa à publicação norte-americana. “Você pode deletar essas informações a qualquer momento. Não usamos informações dos seus emails no Gmail para distribuir anúncios, e isso inclui as notas fiscais de confirmações de compra que você recebe por lá”.

Uma forma de deletar todos esses registros de compras seria apagar todos os emails relacionados a isso diretamente no seu Gmail. Mas se você guarda as notas fiscais ali justamente para que estejam facilmente acessíveis quando for necessário levar alguma coisa na garantia ou fazer devoluções, essa prática drástica não é exatamente plausível.

Deletar tudo?

A Google ainda fala que você consegue deletar esses dados em uma página chamada “Minha Atividade”, mas não há nada nesse endereço relacionado aos registros de compras que você tem no Google. Também não há nenhuma forma de impedir que a empresa continue alimentando a lista de compras conforme você continua recebendo emails no Gmail.

Você pode desligar totalmente o rastreamento de dados pessoais na sua conta — em uma página diferente, claro! —, mas isso prejudica e até inutiliza a usabilidade de vários serviços da Google que você possa estar usando.

A questão levantada pelo pessoal da CNBC e não totalmente respondida pela Google é: se essa lista de compras não é usada para nada, por que ela existe? É interessante também questionar o fato de ser tão difícil deletar essas informações. A Google deixou claro, contudo, que vai estudar formas de facilitar a exclusão desses dados.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Google tem uma lista de tudo o que você comprou online graças ao Gmail