Facebook desativa o app Onavo VPN, o ladrãozinho de dados

1 min de leitura
Imagem de: Facebook desativa o app Onavo VPN, o ladrãozinho de dados
Avatar do autor

Após tomar muita porrada no que toca segurança e privacidade de usuários do Onavo VPN, o Facebook está desativando o aplicativo. Além disso, a empresa afirmou que também vai encerrar práticas de pesquisa de mercado não pagas, segundo o TechCrunch.

As análises do Onavo que permitiram ao Facebook estudar o WhatsApp e, posteriormente, acabar realizando a compra da empresa

A VPN da Onavo permitia que o Facebook monitorasse a atividade de usuários entre aplicativos, entregando ao Facebook uma grande vantagem ao identificar novas tendências dentro do ecossistema mobile. Isso significa que o Facebook poderria quantificar a mudança de acesso entre aplicativos e quais novas aplicações são mais buscadas pelos usuários da VPN Onavo. A própria política de privacidade do app VPN diz isso: "analisa como você usa aplicativos" e "fornece análise de mercado e outros serviços para afiliados e terceiros.

Entre os dados coletados, também estava quantidade de uso do WiFi por app, dispositivo e país, além de dados mobile. Segundo Buzzfeed, as análises do Onavo que permitiram ao Facebook estudar o WhatsApp e, posteriormente, acabar realizando a compra da empresa que gere o aplicativo.

Categorias

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Facebook desativa o app Onavo VPN, o ladrãozinho de dados