Ministério da Justiça pode multar Google por ‘ler emails’ no Gmail

1 min de leitura
Imagem de: Ministério da Justiça pode multar Google por ‘ler emails’ no Gmail
Avatar do autor

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) abriu processo administrativo e vai apurar se a Google lê mensagens trocadas entre usuários do Gmail, violando a privacidade. De acordo com o UOL, se algum problema relacionado ao ponto for comprovado, a Google terá que pagar até R$ 9,7 milhões.

Todo o processo é conduzido pelo Departamento de Proteção de Defesa do Consumidor (DPDC), que suspeito que a Google esteja passando por cima do direito dos consumidores no que toca privacidade.

A Google analisava o conteúdo de mensagens no Gmail para envio de publicidade

Em resposta ao UOL, a Google deixou claro que não lê emails de usuários para personalizar anúncios e que prestará todos os esclarecimentos necessários. “Não usamos a informação disponível no Gmail para a personalização de anúncios e estamos seguros de que nossos produtos seguem a legislação brasileira”, adicionou a empresa.

Vale lembrar que a Google analisava o conteúdo de mensagens no Gmail para envio de publicidade. A empresa colocou fim a prática na metade de 2017 e deixa claro que não lê mais qualquer tipo de conteúdo. Porém, em reportagem do Wall Street Journal de julho de 2018, o jornal aponta que a companhia permitiu que empresas lessem o conteúdo de emails para anúncio depois de 2017.

Categorias

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Ministério da Justiça pode multar Google por ‘ler emails’ no Gmail