Mais da metade dos softwares de PCs estão desatualizados, diz pesquisa

2 min de leitura
Imagem de: Mais da metade dos softwares de PCs estão desatualizados, diz pesquisa
Avatar do autor

Você que nos acompanha aqui no TecMundo está careca de saber que entre as principais recomendações para ter um computador mais protegido está a atualização dos softwares, principalmente os de sistema e os que você mais utiliza. Isso porque a cada dia os invasores criam exploram novas brechas e diferentes técnicas e deixar os aplicativos em dia mantém sua máquina com as mais recentes correções distribuídas pelos desenvolvedores.

O navegador Google Chrome foi o software mais baixado em PCs em 2018, segundo o estudo

Nesse jogo de caça de gato e rato, deixar de implementar os patches de segurança significa deixar seu PC vulnerável aos cibercriminosos. E, segundo Avast, geral parece que não está se preocupando muito com isso ultimamente: mais da metade, 55%, dos programas instalados em PCs de todo o mundo estão desatualizados. Entre os mais populares e que são otimizados com menos frequência estão o Adobe Shockwave (96%), o VLC Media Player (94%) e o Skype (94%).

Os dados foram coletados por meio do Automatic Software Updater, um recurso incluído nos softwares de segurança Avast e AVG que consiste em conjuntos anônimos vindos de 163 milhões de dispositivos. O panorama global foi montado a partir dessas informações juntamente com dados reais e estatísticas da Statista e de outras fontes.

pcFonte: Avast

O navegador Chrome foi o software mais instalado de 2018, com participação de 91%. O Adobe Acrobat Reader é o segundo (60%), seguido pelo WinRAR (48%), Microsoft Office (45%) e Mozilla Firefox (42%).  O Microsoft Office é um dos mais desatualizados, com 15% dos usuários ainda com a versão Enterprise 2007, mesmo que a Microsoft não emita mais patches de segurança ou faça correções de bugs para esse produto.

Pesquisa também mostra Windows 7 continua na frente do Windows 10

O relatório também destacou que o Windows 10 está instalado em 40% dos PCs, aproximando-se rapidamente dos 43% do Windows 7. No entanto, 15% de todos os usuários do Windows 7 e 9% de todos os usuários do Windows 10 ainda executam versões antigas e não mais suportadas de seus produtos como, a exemplo do Windows 7 Release to Manufacturing, de 2009, e do Windows 10 Spring Creators Update, do início de 2017.

A pesquisa também descreve as marcas mais populares de PC, CPUs, tamanho de RAM e discos rígidos:

  • As cinco principais marcas de PC: as marcas de PC mais comuns no mundo todo são: HP, Acer, AsusLenovo e Dell.
  • A maioria das CPUs ainda é dual-core, com 74% funcionando com dois núcleos físicos, sendo que apenas 20% possuem um sistema quad-core
  • O tamanho de RAM mais popular é de 4 GB
  • Somente 15% dos usuários possuem SSD, o restante permanece com HDD ou com uma solução combinada de HDD/SSD

pcFonte: Avast

Com relação às máquinas, a crescente busca pela mobilidade continua, o que mantém os laptops e 2-em-1 em alta, com 67% dos consumidores optando por esses produtos em 2018 — tendência que deve continuar nesta temporada.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Mais da metade dos softwares de PCs estão desatualizados, diz pesquisa