Mensagem falsa sobre PIS no WhatsApp atinge 200 mil celulares em 24 horas

1 min de leitura
Imagem de: Mensagem falsa sobre PIS no WhatsApp atinge 200 mil celulares em 24 horas
Avatar do autor

Cibercriminosos estão usando a liberação do sétimo lote do abono do PIS/Pasep para circular quatro links maliciosos. O golpe de phishing falsamente oferece a possibilidade para o usuário consultar se tem direito a receber a quantia. Segundo o dfndr lab, laboratório da PSafe, foram registradas mais de 200 mil tentativas de golpe nas últimas 24 horas.

Fica a dica: nunca confie em links sobre promoções, abonos ou descontos absurdos no WhatsApp

O golpe acontece da seguinte maneira: ao clicar em um dos links, o usuário acessa uma página em que há um texto informando que a Caixa Econômica está liberando “PIS salarial pra quem trabalhou entre 2005 à 2018 no valor de R$ 1.223,20” (sic). Logo abaixo, o usuário é incentivado a responder às seguintes perguntas: “Você trabalhou com carteira assinada entre 2005 a 2018?”; “Você está registrado atualmente?”; “Possui cartão cidadão para realizar o saque do benefício?”. Independentemente das respostas, o usuário é direcionado para uma página na qual é incentivado a compartilhar com 30 amigos ou grupos do WhatsApp.

CAIXAPágina falsa

Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, comentou que “esse golpe se aproveita de um tema muito importante para milhões de brasileiros, por isso o número de pessoas atingidas tende a ser cada vez maior. É justamente por esse potencial de volume de acessos que o cibercriminoso direciona todos os que caem no golpe para uma página criada por ele na qual gera ganhos financeiros ilegalmente por meio de publicidade. Contudo, o maior prejuízo é a desinformação de milhões de pessoas que precisam desse benefício e podem ser diretamente prejudicadas”.

Fica a dica: nunca confie em links sobre promoções, abonos ou descontos absurdos no WhatsApp. Caso tenha interesse, busque canais oficiais de comunicação da empresa, do banco ou do órgão.

Categorias

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Mensagem falsa sobre PIS no WhatsApp atinge 200 mil celulares em 24 horas