A Trend Micro afirmou que a extensão gratuita do HolaVPN, uma das soluções grátis mais usadas sobre VPN, não é nada segura — seu serviço irmão sobre proxy, o Luminati, também seria inseguro. Segundo a empresa, foram analisadas 100 milhões de URLs de maneira anônima.

Durante a pesquisa, a Trend Micro afirma que cada computador com uma versão HolaVPN instalada tem 85% dos dados de navegação direcionados para anúncios móveis. Ou seja: ao não cobrar para você usar a VPN, a Hola estaria vendendo a sua largura de banda para empresas terceiras.

Isso tudo é um forte argumento para fazer pesquisas antes de instalar qualquer software VPN

A Trend Micro também comenta sobre a possibilidade de cibercriminosos explorarem esse recurso do serviço para propagar um esquema de fraude de cliques e gerar uma renda extra.

“Nossas descobertas revelam que a máquina de um usuário, uma vez instalada com o HolaVPN gratuito, se tornará um dos nós de saída da Luminati. Se a máquina do usuário fizer parte de uma rede corporativa, ser um nó de saída poderá fornecer a terceiros desconhecidos a possibilidade de entrar nos sistemas da empresa. O HolaVPN também poderia permitir que invasores contornassem os firewalls corporativos e permitissem que explorassem a rede interna de uma empresa para fins nefastos”, diz a empresa. “Além disso, as larguras de banda dos usuários do HolaVPN estão sendo vendidas via Luminati e podem acabar sendo parte da atividade de botnet facilitada pela rede. Isso tudo é um forte argumento para fazer pesquisas antes de instalar qualquer software VPN”.

Cupons de desconto TecMundo: