WhatsApp clonado já fez 5 mil vítimas que perderam até R$ 80 mil

1 min de leitura
Imagem de: WhatsApp clonado já fez 5 mil vítimas que perderam até R$ 80 mil
Avatar do autor

Um golpe antigo continua acontecendo no Brasil: cibercriminosos roubam linhas telefônicas e entram em contato com parentes e amigos pedindo dinheiro emprestado. De acordo com a Polícia Civil do Ceará, por meio da Célula de Inteligência Cibernética do Departamento de Inteligência Policial (DIP), este tipo de golpe já fez mais de 5 mil vítimas que perderam até R$ 80 mil.

A polícia afirma que muitas pessoas acham que não vale a pena informar, contudo, notam que a “internet não é terra de ninguém”

Para O Povo, o diretor da Célula de Inteligência, Julius Bernardo, explicou que os cibercriminosos compram um chip novo e pedem o resgate de um número alvo para fazer a vítima. Dessa maneira, os golpistas se cadastram no WhatsApp e pedem dinheiro para amigos e parentes. O pedido, normalmente, envolve emergências como a troca de pneus ou compra de eletrodomésticos.

Segundo Bernardo, a polícia já identificou alguns envolvidos. “Percebemos ainda que os golpistas têm feito pesquisa entre as vítimas que são atacadas. Procuram pessoas com um bom poder aquisitivo, políticos e também funcionários de instituições públicas (...) Esclarecemos que o simples fato de emprestar uma conta, a pessoa já comete também um crime. Eles estão facilitando que o crime seja praticado. Podem ser enquadradas por estelionato”. Bernardo também comenta que os saques dos depósitos feitos pelo golpe são realizados por “laranjas”.

A denúncia também é importante. A polícia afirma que muitas pessoas acham que não vale a pena informar, contudo, notam que a “internet não é terra de ninguém”.

Como se proteger

Felizmente, o WhatsApp — e muitos outros apps também, então fique atento — oferece a verificação em duas etapas e ainda permite a inclusão de uma senha dedicada de tempos em tempos para abrir o app. Por isso, vá até as configurações do app e ative tanto a verificação em duas etapas quanto a inserção de senha (PIN) para abrir o aplicativo.

Fontes

Categorias

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
WhatsApp clonado já fez 5 mil vítimas que perderam até R$ 80 mil