Companhias aéreas foram hackeadas por espiões chineses, diz DOJ

1 min de leitura
Imagem de: Companhias aéreas foram hackeadas por espiões chineses, diz DOJ
Avatar do autor

O Departamento de Justiça dos Unidos (DOJ) afirmou hoje (30) que um grupo de espiões chineses hackearam operadoras aéreas e roubaram “segredos de tecnologia” por cerca de cinco anos, entre 2010 e maio de 2015.

Entre os segredos roubados, estaria um motor turboventilador que hoje é usado por aviões comerciais. As operadoras atacadas não foram reveladas.

Hacking patrocinado por governos são uma ameaça direta à segurança nacional

Para atacar as empresas áreas, os hackers chineses se valeram de técnicas de spear phishing e malware para acessar dados confidenciais. Diferente do phishing comum, o “spear” utilizar mensagens desenvolvidas e direcionadas para um único alvo: não é um ataque amplo e impensado.

Segundo Adam Braverman, advogado do DOJ, “hacking patrocinado por governos são uma ameaça direta à segurança nacional. Essa ação é outro exemplo dos esforços criminosos feitos pelo Ministério de Segurança da China para facilitar o roubo de dados privados para o comércio chinês”.

Categorias

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Companhias aéreas foram hackeadas por espiões chineses, diz DOJ