A Take-Two Interactive e a Rockstar Games, donas do game Grand Theft Auto V (GTA V), colaboraram com o governo australiano para tomar ações legais contra desenvolvedores de trapaças (cheats) e alterações na aparência e funções do jogo.

O governo da Austrália foi atrás de modders que criaram o software “Infamous” e realizou buscas em residências, veículos e computadores, além de apreender bens. Entre os alvos, estão os desenvolvedores Christopher Anderson, Cyrus Lesser, Koroush Jeddian, Koroush Anderson, e Sfinktah.

O mod desenvolvido pelos alvos da operação permitia que jogadores de GTA V tivessem acesso aos melhores veículos e armas do jogo, além de desbloquear diferentes habilidades e capacidades — como soltar fogos de artificio por meio de personagens. Os criadores também cobravam US$ 40 pela utilização do "Infamous".

“É provável que a Rockstar Games e a Take-Two Interactive tentem obter danos relacionados a violação de direitos autorais e, com a ordem de congelamento de bens, podem garantir que o dinheiro [recebido pelos desenvolvedores] não seja gasto antecipadamente”, nota o TF.

Cupons de desconto TecMundo: