A Intel revelou hoje (14) três novas vulnerabilidades em seus processadores. As falhas, segundo a empresa, podem ser exploradas por hackers para ganharem acesso aos dados internos da memória do computador. Dessa maneira, a Intel totaliza cinco vulnerabilidades, se adicionarmos a dupla Spectre e Meltdown.

De acordo com a Intel, as novas atualizações de segurança que estão chegando devem proteger a maioria dos usuários de seus processadores. “Não temos conhecimento de relatos de que algum desses métodos tenha sido usado em explorações do mundo real, mas isso reforça ainda mais a necessidade de que todos sigam as melhores práticas de segurança”, adicionou a companhia.

Elas afetam as Intel Software Guard Extensions (SGX) de processadores, uma das únicas áreas que não eram atingidas pelo Meltdown e Spectre

Com nomes mais sérios e menos atraentes que Spectre e Meltdown, as novas vulnerabilidades se chamam L1TF (L1 Terminal Fault). A Intel reforça que um pequeno grupo de usuários precisa tomar um cuidado extra durante a atualização — você pode checar isso aqui.

De acordo com os pesquisadores que encontraram a L1TF (Foreshadow era o nome original), elas afetam as Intel Software Guard Extensions (SGX) de processadores, uma das únicas áreas que não eram atingidas pelo Meltdown e Spectre.

Foreshadow

Cupons de desconto TecMundo: