Uma falha do Facebook foi confirmada pela empresa nesta segunda-feira (2) e atingiu mais de 800 mil usuários da rede social. As pessoas afetadas pelo bug ficaram com algumas de suas publicações acessíveis para usuários que haviam sido bloqueadas por elas na rede. Além disso, esses usuários bloqueados tiveram permissão para enviar mensagens pelo Messenger, algo que não deveria acontecer quando você bloqueia a pessoa.

Erin Egan, chefe de segurança do Facebook, publicou um texto pedindo desculpas pelo caso. Ele confirmou que a empresa vai notificar todos os usuários afetados pelo bug durante o período em que ele ficou ativo, entre os dias 29 de maio e 5 de junho. A notificação deve encorajar os usuários a fazer uma checagem na lista de pessoas bloqueadas para garantir que todas as pessoas indesejadas estão lá.

Em seu texto, Egan também tenta tranquilizar os usuários do Facebook ao citar que nenhuma amizade desfeita foi reinstaurada na rede social e que 83% dos usuários afetados tiveram apenas uma pessoa de sua lista que ficou temporariamente desbloqueada. O Facebook não esclareceu se o bug foi descoberto internamente ou apenas depois de reclamações dos usuários.

Cupons de desconto TecMundo: