Parece que ninguém mesmo está livre de ser enganado. Steve Wozniak, o carismático cofundador da Apple, contou, durante um evento de tecnologia na Índia, como até ele já foi vítima de um golpe e acabou perdendo sete bitcoins.

De acordo com o jornal indiano The Economic Times, Wozniak explicou os motivos que o fizeram se interessar pela criptomoeda e comprar algumas unidades: “Para mim, os bitcoins eram uma moeda que não poderia ser manipulada pelos governos. Ela é matemática, é pura, não pode ser alterada.”

No entanto, ele parece não ter tomado alguns cuidados na hora de fazer uma transação: “Eu tive sete bitcoins roubadas de mim por uma fraude. Alguém as comprou de mim online por um cartão de crédito e depois cancelou o pagamento do cartão. Foi fácil assim! E era um número de cartão de crédito roubado, então você nunca consegue recuperar.”

Para mim, os bitcoins eram uma moeda que não poderia ser manipulada pelos governos. Ela é matemática, é pura, não pode ser alterada.

Levando em consideração a cotação no início da tarde desta terça-feira (27), o roubo teria um valor aproximado de R$ 250 mil, embora possa ser bem diferente dependendo do dia e da hora em que o golpe aconteceu. Apesar de tudo, Wozniak parece ter gostado de investir na criptomoeda, embora ele prefira chamar o que fez de um experimento para testar a viabilidade do uso de bitcoins.

“Eu as tinha para que algum dia pudesse viajar e não usar cartões de crédito, carteira ou dinheiro vivo. Eu poderia fazer tudo com bitcoin. Eu estudei quais hotéis e locais aceitam bitcoin… ainda é uma coisa difícil de se fazer. Também tentei comprar coisas online e trocar bitcoin online”, concluiu Wozniak. Ele acabou vendendo quase tudo após cansar de ter que olhar a variação de preço todos os dias.

Cupons de desconto TecMundo: