[ATUALIZAÇÃO - 14h02 - 22/02] A FMU respondeu ao nosso contato informando que trata a segurança da informação como prioridade e que apura o caso citado em nossa reportagem. Confira na íntegra a nota enviada pela instituição:

O Complexo Educacional FMU informa que a Segurança da Informação é prioridade e um item crítico de atenção e trabalho da Instituição, por isso, investe recursos de forma contínua com o objetivo de garantir a confidencialidade de dados pessoais e acadêmicos de seus alunos, docentes e colaboradores. Dessa forma, em relação ao apontamento feito pelo portal TecMundo, a FMU destaca que apura o caso no sentido de averiguar a informação para dar os direcionamentos cabíveis.

Abaixo, a matéria original:

Dados de cerca de 500 mil alunos e ex-alunos do Complexo Educacional FMU (Centro Universitário Faculdade Metropolitana Unidas) estão expostos na web para acesso público e sem qualquer proteção. Denúncia enviada pelo programador Fábio Castro, pesquisador de segurança e aluno da instituição, dá conta de que as informações estão desprotegidas nos servidores da universidade há pelo menos três meses.

O TecMundo teve acesso a links e prints com essas informações. Alguns prints estão ao longo da notícia, mas os links não serão divulgados para proteger os dados dos alunos e ex-alunos da FMU.

FMUDados sensíveis foram ocultados para preservar a identidade dos alunos.

FMU

O vazamento expõe uma série de dados sensíveis, como número de documentos pessoais (CPF, RG, título de eleitor), além de nome dos pais, data de nascimento, endereço residencial completo, email, número de telefone e até mesmo o que parece ser a senha utilizada no sistema da universidade pelos alunos.

Estão na lista ainda informações como origem do aluno (a escola frequentada por ele antes de ingressar no centro universitário) e se ele é bolsista do ProUni ou beneficiário do Fies, o sistema de financiamento estudantil do governo federal. O conjunto reúne informações de pessoas que estudaram na instituição desde pelo menos 1976.

FMU

A FMU foi procurada para se posicionar sobre o caso, mas ainda não retornou o contato. Esta notícia será atualizada assim que o centro universitário emitir qualquer informação sobre o tema.

Cupons de desconto TecMundo: