A Alphabet, companhia criada em 2015 para "abrigar" a Google e outros projetos, anunciou que outra ideia incubada por lá virou uma empresa independente. Trata-se da Chronicle, que vai fornecer plataformas e soluções em cibersegurança para empresas protegerem seus bancos de dados e servidores contra ataques e invasões.

O funcionamento da companhia ainda não foi muito detalhado, mas a Chronicle vai usar a infraestrutura da Alphabet, machine learning e soluções baseadas no armazenamento em nuvem para ajudar empresas na prevenção ou diminuição de danos desses ataques. A ideia é que as soluções oferecidas sejam até dez vezes mais rápidas e impactantes do que as atuais. O CEO Stephen Gillett, ex-Symantec, vai comandar o projeto.

A Chronicle existe desde 2016 na divisão X moonshot, um laboratório de empreendimentos da Alphabet que já abrigou também o Project Loon — aquele que leva sinal de internet a locais remotos usando balões. Não se sabe ainda quais são os potenciais clientes, mas com cibersegurança sendo um dos grandes temas do ano passado, dá para imaginar que não faltem interessados. Um texto de apresentação escrito por Gillet já está no Medium e você pode acessar o site da plataforma por aqui

Cupons de desconto TecMundo: