Cientistas criam método keylogger para telas seníveis ao toque. (Fonte da imagem: Wikimedia Commons)

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, Estados Unidos, desenvolveram um método preciso para registro de teclas digitadas na tela sensível ao toque de um dispositivo com Android. Em resumo: o keylogger, método responsável por registrar o que é digitado em um teclado convencional, ganhou um similar para smartphones.

Segundo o ExtremeTech, o método elaborado por Hao Chen e Lian Cai faz uso de itens como vibração e movimentos empregados no dispositivo. Essas características são “capturadas” por um acelerômetro presente no dispositivo. O processo, como se nota, é bem mais complexo do que o keylogging em desktops.

Chen e Cai usaram um sistema baseado na orientação de dados do Android, uma definição de três ângulos para orientação XYZ e, assim, calcular onde o usuário pressiona na tela. Isso é possível porque cada tecla possui uma espécie de “impressão digital”, que pode ser identificada. Durante os testes realizados com alguns aparelhos diferentes, a média de acerto foi de 71,5%.

Contudo, os pesquisadores alertam que essa possibilidade não se dá apenas por uma falha de segurança no Android, pois os dados necessários para fazer uso dela são encontrados na API DeviceOrientation, que está presente tanto no Android 3.0 quanto no iOS 4.2. De qualquer forma, como alerta o ExtremeTech, nada impediria algum mal-intencionado de usar a descoberta dos cientistas em um JavaScript para roubar dados de outros usuários.

Cupons de desconto TecMundo: