O Facebook começou na última terça-feira (14) um processo de seleção de jovens para cursos gratuitos na Estação Hack, localizada em São Paulo (SP). Segundo a empresa, os cursos são de programação e desenvolvimento de aplicativos, inovação e preparação para o mercado de trabalho.

No total, o Facebook está oferecendo 4,2 mil bolsas de estudo integrais distribuídas entre seis diferentes cursos que ocorrerão no primeiro centro da empresa para apoio à inovação no mundo, a Estação Hack.

Será dada preferência para alunos matriculados ou egressos da rede pública de ensino - embora este não seja critério essencial

A ideia da estação é abrigar diversas iniciativas, incluindo cursos gratuitos de programação para jovens e workshops sobre empreendedorismo e planejamento de carreira, além de aceleração para startups nacionais. Ainda, "o Facebook busca colaborar para o desenvolvimento do ecossistema econômico e de tecnologia no Brasil, capacitando jovens de baixa renda em programação, ajudando na criação de novos negócios e fornecendo recursos para os pequenos e médios empresários crescerem usando a economia digital a seu favor".

"Sabemos que a tecnologia abre oportunidades e queremos preparar os jovens brasileiros para as carreiras do futuro”, comentou o coordenador da Estação Hack, Eduardo Lopes.

Para oferecer os cursos, o Facebook desenvolveu parcerias com diferentes instituições, como a Junior Achievement, MadCode e Mastertech. "Os jovens que participarão dos programas da Junior Achievement dentro da Estação Hack terão acesso a conteúdos de nível internacional e com impacto comprovado em mais de 120 países", disse a diretora superintendente da Junior Achievement, Bety Tichauer.

Quem pode participar?

A maioria dos cursos é voltada para jovens entre 14 e 25 anos. Sobre o processo de seleção, "será dada preferência para alunos matriculados ou egressos da rede pública de ensino - embora este não seja critério essencial. A seleção ocorrerá também por ordem de inscrição e não há exigência de conhecimento técnico prévio. A carga horária dependerá de cada treinamento, chegando a 120 horas no curso profissionalizante de programação".

A Estação Hack fica no coração da avenida Paulista, número 1.374

As atividades na Estação Hack terão início daqui 15 dias, em dezembro deste ano. Serão 1 mil bolsas para o curso Desenvolvimento de Aplicativos, 800 bolsas para o curso Aprenda a Programar em um Final de Semana, 700 bolsas para o curso Conectado Com o Amanha~, 700 bolsas para o curso Montando sua Carreira, 600 bolsas para o Innovation Camp e 400 bolsas para o curso profissionalizante Academia de Programação.

Cupons de desconto TecMundo: