A tensão aumentou e um tweet do atual presidente norte-americano, Donald Trump, está sendo levado como "guerra declarada". De acordo com Ri Yong Ho, ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte, uma mensagem de Trump no Twitter é praticamente uma declaração de guerra. No caso, Trump escreveu que a Coreia do Norte "não estará por aqui por muito tempo".

Segundo o ministro, ao dizer isso, Trump permite que a Coreia do Norte tenha "todo direito" de se defender, incluindo o direito de atirar nos bombardeiros norte-americanos que estão voando próximos ao país — voos realizados por aeronaves B-1B no dia 23 de setembro como demonstração de força.

Trump já chama Kim Jong-un como Pequeno Homem Foguete

Muitos críticos do governo Trump notaram nas redes sociais que, na verdade, isso é apenas outro caso da "falta de filtro": o presidente norte-americano faz postagens no Twitter sem uma avaliação prévia de alguma equipe.

Outro ponto que está piorando a situação: Trump já chama o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, como "Pequeno Homem Foguete".

Trump guerra CoreiaMensagem de Trump no Twitter

Após a declaração do ministro, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, comentou que sugerir o tweet como "declaração de guerra" é um absurdo:

"Não declaramos a guerra à Coreia do Norte, e francamente, sugerir isso é absurdo. Nunca é apropriado que um país dispare contra as aeronaves de outro país quando se encontram sobre águas internacionais", disse.

  • O que você acha sobre essa situação? Dê sua opinião nos comentários abaixo.

Cupons de desconto TecMundo: