Uma falha de segurança resultou no possível vazamento de dados de mais de 143 milhões de pessoas nos Estados Unidos. O problema ocorreu na Equifax, uma das maiores companhias de serviço de proteção ao crédito do país, espécie de SPC/Serasa de lá. De acordo com a própria empresa, os dados expostos incluem número de seguro social e de carteira de motorista e também a data de nascimento dos consumidores.

O problema foi identificado no dia 29 de julho deste ano e, de acordo com a Equifax, foi explorado por criminosos desde a metade de maio a fim de obter acesso a determinados arquivos. E a falha resultou em uma situação ainda mais grave para uma porção menor de pessoas: 209 mil números de cartões de crédito e dados de identificação pessoal de 182 mil pessoas também foram vazados.

Ainda de acordo com a Equifax, o problema pode ter ultrapassado as fronteiras dos Estados Unidos e possivelmente alguns consumidores do Reino Unido e do Canadá também correm risco de terem seus dados expostos.

Maior vazamento de dados sensíveis da história

Após este que é o maior vazamento de dados sensíveis da história, atingindo quase 50% da população total dos Estados Unidos, a Equifax divulgou um comunicado pedindo desculpas aos consumidores. A companhia, que detém dados de mais de 820 milhões de consumidores de vários países, afirmou ter contratado uma empresa de segurança para investigar o vazamento e também que vai levar o caso para a Justiça.

Cupons de desconto TecMundo: