O site YouTube to MP3, por um bom tempo, foi um refúgio para muitas pessoas que buscavam extrair o áudio de vídeos no YouTube. Agora, a Recording Industry Association of America (RIAA) teve sucesso em um processo para derrubar o site, que foi aceito hoje (4) pela justiça norte-americana.

O domínio "youtube-mp3.org" ainda está online, contudo, deverá sair do ar nas próximas 24 horas. Ele foi enquadrado no crime de infração de direito autoral. Vale notar que a RIAA representa grandes companhias de mídia, como a Sony Music e a Capitol Records.

O YouTube to MP3 era gigante: cerca de 60 milhões de visitantes únicos por mês 

No processo, a RIAA comenta que os donos do YouTube to MP3 "estão lucrando com a operação do site. Embora a premissa seja oferecer música ilícita gratuitamente, com as milhões de visitas que recebem, o site gera receita com propaganda".

Caso você não saiba, o YouTube to MP3 era gigante: tinha cerca de 60 milhões de visitantes únicos por mês — este número é mais alto que os principais veículos de mídia brasileiros. Para mais notícias sobre pirataria, acompanhe esta página.

Cupons de desconto TecMundo: