A extensão popular Web Developer para Google Chrome, com mais de 1 milhão de usuários, foi alterada por hackers invasores para distribuir propagandas no navegador. A informação foi entregue pelo próprio desenvolvedor da extensão, Chris Pederick.

Segundo Pederick, os invasores atualizaram a extensão para uma versão "0.4.9". Vale notar que a versão para Firefox não foi afetada. O desenvolvedor comentou que o software malicioso utiliza um código JavaScript para injetar propagandas falsas no Chrome de usuários.

De acordo com o The Hacker News, a extensão Web Developer tem acesso a tudo que acontece no navegador. Ou seja, ela pode desde ler todo o conteúdo do Chrome até interceptar o tráfego e armazenar as teclas batidas pelo usuários.

Ao que parece, na tarde desta sexta-feira (04), o Web Developer já foi corrigido. Pederick recomenda que todos os usuários atualizem urgentemente para a versão 0.5. "Os usuários também precisam considerar trocar todas as senhas de contas digitadas ou armazenadas nesse tempo", disse. 

Extensão

Cupons de desconto TecMundo: