Quando hackers têm acesso aos conteúdos de um servidor, muita gente pode sair prejudicada. Para resolver esse problema, a IBM tomou uma medida bastante simples: utilizar um sistema em que absolutamente todos os dados ficam criptografados o tempo todo. A novidade, então, é a nova arquitetura de criptografia Z, lançada hoje (17) pela empresa norte-americana.

Segundo a companhia, enquanto a arquitetura x86 suporta criptografia de apenas “fatias de dados”, a Z permite que todo o conteúdo de um sistema fique protegido o tempo todo, independente do tamanho total dos pacotes. Além disso, a novidade da IBM realiza a criptografia dos dados a uma velocidade até 18 vezes superior em relação à rival.

Para convencer o mundo de que a sua nova tecnologia é necessária, a IBM relembra que, dos mais de 9 bilhões de dados foram perdidos ou roubados desde 2013, apenas 4% estava protegido por meio de criptografia. Ou seja, quem roubou ou encontrou tais informações tinha acesso pleno a elas. Esse problema, garante a companhia, pode gerar um prejuízo na economia mundial de US$ 8 trilhões até 2022.

Criptografia em todo lugar

Segundo a desenvolve, a IBM Z é capaz de proteger qualquer tipo de dado, desde redes até aplicações inteiras e dispositivos, tudo isso sem causar alterações no funcionamento de cada um dos itens criptografados. Em suma, a nova tecnologia promete ser capaz de assegurar proteção sem comprometer a praticidade e a agilidade dos serviços, sejam eles quais forem.

“A maioria dos dados vazados ou roubados hoje em dia está aberta e tem fácil acesso porque a criptografia vem sendo algo complicado e caro de se aplicar em larga escala”, afirma o diretor geral da IBM Ross Mauri. “Nós criamos um motor de proteção de dados para a era da nuvem a fim de causar um impacto significativo e imediato na segurança de dados global.”

A IBM Z é a primeira do mundo a garantir criptografia completa para todo um sistema de dados, seja ele uma rede ou uma aplicação

E é com esse espírito que a IBM Z se torna a primeira do mercado a oferecer criptografia completa e ilimitada a todo um sistema. A tecnologia conta ainda com um recurso especial para responder a violações: em resumo, as chaves de acesso a um conteúdo criptografado são imediatamente "destruídas" sempre que uma tentativa de invasão é identificada. Além disso, a Z oferece também criptografia para APIs, ampliando assim a segurança os pacotes de dados.

Em um mundo cada vez mais digitalizado, com informações sensíveis sendo trocadas a todo instante entre servidores e dispositivos de todo o mundo, uma tecnologia capaz de estender a proteção a níveis jamais antes vistos parece algo essencial. A expectativa, entretanto, é que as promessas da IBM se mostrem eficazes também na prática.