Criptografia e privacidade são termos bastante em voga na atualidade, especialmente quando se fala em comunicação por vias digitais. Pensando nisso, o governo russo prepara a sua própria plataforma de comunicação, um serviço  que será desenvolvido pela estatal russa de tecnologia Rostec.

A empresa inclusive anunciou o seu novo aplicativo como uma “versão russa do Skype”, mas com foco em segurança. Isso significa que a plataforma terá suporte não somente para troca de mensagens, mas também para chamadas de voz e de vídeo, além de compartilhamento de arquivos.

Apesar de ainda não ter um nome oficial revelado ao público, é certo que o novo produto está sendo pensado para ser “referência em termos de segurança de informação”, conforme anunciou a Rostec em comunicado.

Guerra Fria digital

E o próprio anúncio feito pela estatal já deixou claro o clima de Guerra Fria digital instaurado nos últimos meses entre Rússia e Estados Unidos. Nele, um especialista em segurança afirmou que “ciberataques recentes deixaram claro que a maioria dos sistemas de informação produzidos no exterior é vulnerável”, o que exigiria uma solução caseira.

Rússia reforça o tom de Guerra Fria e manda uma mensagem clara para os EUA

Ao alegar que seu futuro aplicativo não será “decifrado por hackers ou agências de inteligência estrangeiras” e estará “devidamente protegido de qualquer influência externa indevida”, a Rússia reforça o tom de Guerra Fria e manda uma mensagem clara para autoridades dos Estados Unidos.

A estatal russa não deu maiores detalhes sobre a plataforma de comunicação e também não anunciou um prazo para o seu lançamento. O mais provável é que, depois de pronto, o serviço seja utilizado por empresas e agentes do governo do país europeu.

Cupons de desconto TecMundo: