Falamos recentemente aqui no TecMundo a respeito de uma nova vulnerabilidade que afetou mais de 900 milhões de dispositivos Android: a QuadRooter – clique aqui para saber mais. Até então, quatro falhas haviam sido descobertas, mas somente três já foram corrigidas – a última ficou para a atualização de segurança de setembro da Google.

A brecha é tão grave que até o DTEK50, considerado “o celular Android mais seguro do mundo” pela própria fabricante, havia sido afetado. Agora, no entanto, a BlackBerry se antecipou à Gigante das Buscas e já liberou correções para o QuadRooter tanto para o aparelho citado quanto para o Priv.

A atualização com o patch foi enviada pela empresa para seus usuários já na última segunda-feira (15), protegendo os dois modelos de smartphone da falha. O update deve ter chegado quase imediatamente para quem comprou o DTEK50 ou o Priv em suas versões desbloqueadas; quem adquiriu os dispositivos por meio de alguma operadora terá que esperar até o final da semana.

A empresa resolveu que a falha QuadRooter era grave demais para esperar uma correção no ciclo mensal

Não dava para esperar

Falando sobre o porquê de a BlackBerry não ter esperado pela correção da Google, o chefe de segurança da fabricante, David Kleidermacher, forneceu uma resposta simples e direta. “Algumas vulnerabilidades críticas do Android – por exemplo, uma que pode ser aproveitada facilmente e de forma remota por meio de um método divulgado publicamente para executar malwares com privilégio de ‘root’ – simplesmente não podem esperar um ciclo de atualização mensal”, explicou.

Cupons de desconto TecMundo: