Parece brincadeira, mas não é: a Anistia Internacional está lançando um aplicativo chamado "Fogo Cruzado". Nele, os participantes constroem de forma colaborativa um mapa que indica locais onde tiroteios estão acontecendo pelo Rio de Janeiro, cidade e região metropolitana.

São 30 dias para o início dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e a segurança é um dos fatores de maior preocupação na Cidade Maravilhosa. As notícias de crimes vêm crescendo paulatinamente e, por isso, agora "as pessoas vão ter noção de onde está acontecendo um tiroteio. Semanalmente, poderemos ter dimensão de áreas do Rio de Janeiro onde há mais incidência de fogo cruzado, mais incidência de disparos de armas de fogo”, comentou a gestora de dados do Fogo Cruzado, Cecília Olliveira.

O app cobre todo o Rio de Janeiro

Para acessar o aplicativo, você precisa realizar um cadastro — é possível acessar a versão web do Fogo Cruzado aqui. A suas informações não serão divulgadas e você pode colaborar com o mapa de maneira anônima. Para isso, é necessário completar algumas informações, como o local da ocorrência e se houve envolvimento policial.

O Fogo Cruzado ainda indica que você vai poder navegar por mapas de meses anteriores e, trimestralmente, acompanhar informações sobre os "efeitos colaterais" dos tiroteios, como o fechamento de escolas e transporte público encerrado.

Apesar de cobrir todo o RJ, o foco inicial está nas comunidades do Jacarezinho, Manguinhos, Complexo da Maré, Complexo do Alemão, Acari, Cidade de Deus e Morro Agudo (em Nova Iguaçu).

Mapa de tiroteios

Colabore

"O aplicativo vai ajudar a aprofundar o debate sobre segurança pública no Rio de Janeiro, permitindo que a população dos bairros mais afetados pela lógica da Guerra se manifeste de forma concreta e segura. É uma ferramenta para que a população mostre, através do aplicativo, todas as vezes em que é colocada no meio do Fogo Cruzado", diz a Anistia no site oficial.

Além da versão web, já citada, o aplicativo para Android pode ser baixado agora. Para iOS, será lançado em breve.