O que você faria se você estivesse em um avião que foi sequestrado por um cara que está usando um colete cheio de supostos explosivos? Muita gente entraria em pânico, mas esse não parece ter sido o caso de Ben Innes, um britânico muito louco que estava no voo MS181 da EgyptAir que foi sequestrado na madrugada de hoje e foi desviado de sua rota que originalmente iria para o Cairo e fazendo um pouso no Chipre.

"Você sabe que o seu amigo aqui não fica de zoeira! Liga nas notícias aí!"

Innes aproveitou a oportunidade para trocar mensagens com um colega, dizendo: "Você sabe que o seu amigo aqui não fica de zoeira! Liga nas notícias aí!". Para provar seu ponto, ele foi ainda mais longe, chegando a tirar uma foto todo sorridente ao lado do sequestrador, Seif Eldin Mustafa.

"Você sabe que seu amigo aqui não fica de zoeira! Liga nas notícias, cara!"

O amigo do rapaz ficou incrédulo com tudo aquilo, se limitando a perguntar se as coisas presas ao corpo de Mustafa eram explosivos e pedindo para que Innes avisasse quando ele saísse do avião. O britânico é auditor de segurança e saúde e foi um dos 62 passageiros que ficou dentro do avião durante algumas horas até que o sequestrador resolveu se entregar.

Feliz da vida e sem medo do perigo: Ben Innes tira sua foto ao lado do sequestrador do avião da EgyptAir

"Não faço ideia do motivo de ele ter tirado uma selfie mas imagino que ele provavelmente se voluntariou para tirá-la, já que ele não se importa de fazer esse tipo de coisa", explicou Chris Tundogan, um dos amigos de Innes que recebeu a inacreditável foto. "Achei insano, mas acredito que isso seja bem a cara do Ben!"

Não houve qualquer incidente maior no sequestro do voo MS181 da EgyptAir, que foi desviado de sua rota logo após a decolagem de Alexandria depois que Mustafa anunciou o sequestro. Ele vestia um colete cheio de explosivos falsos e demandava ver sua ex-mulher que mora no Chipre, entre outros pedidos erráticos como ver membros da União Europeia.

O sequestro durou 6 horas até que Mustafa decidiu se entregar. As autoridades locais se limitaram a dizer que o criminoso é "mentalmente instável" e não deram mais detalhes a respeito de sua prisão – apenas constataram que os explosivos eram falsos.

Você conhece alguém que não tem qualquer medo do perigo? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: