Quem já teve que transcrever trechos de um livro físico para o computador de forma manual sabe o quanto esse processo pode ser demorado. Felizmente, graças a uma invenção do Ishikawa Oku Laboratory, essa tarefa pode estar com os dias contados — batizado como BFS-Auto, um scanner robótico desenvolvido pelos pesquisadores do local é capaz de capturar as informações contidas em 250 páginas em somente um minuto.

Com essa velocidade, o aparelho é capaz de transcrever um romance inteiro em 60 segundos, ou todo o dicionário Oxford em menos de 10 minutos. Já a imensa Enciclopédia Britânica pode ser transcrita em pouco menos de duas horas, marca impossível de ser alcançada por um ser humano.

Velocidade e qualidade impressionantes

Segundo os responsáveis pela novidade, o aspecto que se destaca no dispositivo é sua capacidade de conciliar a mudança rápida de páginas com a captura de imagens com resoluções que chegam a 400 ppi. A novidade também é capaz de compensar a deformação gerada no papel conforme ele é manuseado, garantindo assim o registro exato de todas as informações contidas em um livro.

(Fonte da imagem: Reprodução/Ishikawa Oku Laboratory)

Dessa forma, o aparelho pode ser usado como uma forma prática de digitalizar o conteúdo de bibliotecas inteiras em questão de poucos dias. A expectativa do Ishikawa Oku Laboratory é a de que o BFS-Auto faça sua estreia comercial em algum momento de 2013.

Cupons de desconto TecMundo: