Para muitas pessoas, a AMD fabrica apenas processadores (como as linhas FX e série de APUs A) e placas de vídeo para jogos (as tão famosas Radeons), mas a verdade é que esta gigante do hardware também trabalha pesado no segmento de placas de vídeos profissionais.

As placas com chips AMD FirePro são voltadas especialmente para renderização de objetos tridimensionais e tarefas que demandam grande poder computacional. Diferente da linha Radeon, esta série de produtos só chega até o consumidor através da Sapphire, a única parceira da AMD no segmento.

Pois bem, recentemente, nós recebemos a Sapphire FirePro V4900 para análise. Esta é uma placa de vídeo de entrada, que foca no profissional que está começando a trabalhar com projetos mais simples e necessita de um componente que possa acelerar seu trabalho. Além disso, este modelo se destaca pelo preço que é bem acessível.

Nós passamos alguns dias utilizando o produto e testamos suas capacidades em diferentes situações. Obviamente, por se tratar de um produto profissional, os testes não incluem a execução de jogos, mas comentaremos em detalhes sobre o uso da placa no dia a dia. Sem mais delongas, vamos conferir as especificações e tecnologias deste componente.

Especificações

  • GPU: AMD FirePro V4900
  • Processadores Stream: 480
  • Precisão de ponto flutuante single: 0,768 TFLOPS
  • Memória: 1GB GDDR5
  • Interface da Memória: 128-bit
  • Largura de banda da memória: 64 GB/s
  • Saídas de video: 1 x DVI / 2 x DisplayPort
  • Resolução máxima: 2560x1600 pixels @ 60Hz
  • Tecnologias: DirectX 11.0 / OpenGL / Shader Model 5.0 / AMD Eyefinity / OpenCL 3
  • Energia: máximo de 75 watts

Design e características gerais

A Sapphire FirePro V4900 vem embalada em uma caixa recheada de informações. Na embalagem, já podemos conferir as principais características do produto e ter uma noção do desempenho do componente.

Ao retirar a placa da caixa, nos deparamos com uma peça de tamanho reduzido, mas não se engane, pois este produto pode impressionar quando colocado para trabalhar de verdade. Por se tratar de uma versão de entrada, esta FirePro não necessita de alimentação externa.

Na parte traseira, encontramos as conexões de vídeo, sendo que você pode usá-la tanto em monitores com conexão DVI quanto em aparelhos mais modernos já compatíveis com o padrão DisplayPort 1.2. Mesmo sendo uma placa mais simples, esta FirePro suporta resoluções de até 2.560x1600 pixels.

Devido a sua proposta, a Sapphire FirePro V4900 é uma placa que não necessita de um sistema de refrigeração muito robusto. Assim, o tamanho do cooler é reduzido, o que causa impacto direto no tamanho do produto. Ela é relativamente pequena, sendo perfeita para quase todos os tipos de gabinetes.

Tecnologias

A Sapphire FirePro V4900 traz uma arquitetura e componentes capazes de acelerar o desempenho geral do profissional que trabalha com renderizações diariamente. Ela é compatível com o Shader Model 5.0, tecnologia que ajuda na criação de modelos de alta complexidade geométrica sem necessitar sobrecarregar o processador.

Outras qualidades deste produto são a compatibilidade com o DirectX 11 e OpenGL 4.2. Tais características garantem que o consumidor possa aproveitar recursos especiais presentes nos principais softwares do mercado, como o Blender e o Maya que abusam dessas APIs.

Além disso, a Sapphire FirePro V4900 se destaca por ser capaz de ajudar no processamento de outras atividades que não são de obrigatoriedade do chip gráfico. Graças à compatibilidade com o OpenCL, ela pode processar recursos em aplicativos de entretenimento e edição de imagens (como a linha de produtos Adobe).

Como realizamos os testes

Para garantir as mesmas condições de testes em várias placas de vídeo e obter resultados mais precisos, nós usamos o programa SPECviewperf 12.02 para rodar os benchmarks. Este aplicativo conta com uma série de verificações pré-configuradas, executando renderizações em loops e imitando situações comuns do cotidiano.

Neste software, é possível definir alguns parâmetros e escolher determinadas atividades que são comuns no uso de placas de vídeos profissionais. Para realizar nossa análise, optamos por rodar os testes do Maya, Blender, HandBrake e Luxrender. Confira os resultados obtidos pela Sapphire FirePro V4900:

Vale a pena?

Com valores que variam entre 700 e 800 reais, a Sapphire FirePro V4900 é uma placa de vídeo que supre as necessidades do profissional que está começando agora com renderizações tridimensionais e busca um componente de boa qualidade capaz de acelerar suas tarefas.

Em nossos testes, a placa mostrou bons resultados, não apresentou problemas excessivos de ruídos e teve sua temperatura sempre controlada pelo sistema de refrigeração. É importante considerar ainda que ela não consome muita energia, sendo uma boa ideia para quem não quer trocar a fonte de alimentação.

Certamente, esta é uma das placas de vídeo para uso profissional que apresenta uma das melhores relações custo-benefício, já que alia tecnologias recentes e bom desempenho nos principais softwares do mercado.

Cupons de desconto TecMundo: