Os novos Samsung Galaxy S6 e Galaxy S6 edge inauguram – de fato – novos horizontes a seus futuros usuários. Ambos os aparelhos foram revelados durante a MWC 2015, e o TecMundo já tratou de fazer uma prévia completa dos smartphones (veja mais aqui).

Um dos recursos que mais chamou a atenção e que está presente em ambos os celulares é a tecnologia de pagamento Samsung Pay. Capaz de se comunicar com outros dispositivos não somente via NFC, mas também por meio de Magnetic Secure Transmission (MST), os mobiles da Sammy vão funcionar com 30 milhões de lojas.

A compra da LoopPay e a parceria com bandeiras como VISA e Mastercard colocam serviços de pagamento como Apple Pay e Google Wallet em xeque – para referência, vale citar a quantidade de lojas compatíveis com o sistema da Maçã, que não ultrapassa a marca das 200 mil.

É o fim dos cartões de créditos?

A tecnologia MST é a responsável pela larga compatibilidade entre os smartphones e as lojas do varejo. Para usar o recurso de pagamento, basta abrir o app Samsung Pay, emparelhar o celular junto de uma máquina tradicional de leitura de cartões, selecionar a forma de pagamento, o cartão, e então fazer a autenticação por meio da leitura de digitais.

O quesito segurança certamente entra em pauta nesta operação. Mas, ainda conforme esclarece a fabricante sul-coreana, usuários não terão motivos para se preocupar. É que as informações de um outro cartão não ficam armazenadas n aparelho – apenas um “token” se configura como o responsável pela identificação dos registros.

Significa que não será raro encontrar usuários da Sammy equipados com nada mais que seus celulares, uma vez que carteiras estufadas com cartões de crédito parecem estar perto de se tornarem obsoletas. Importante mencionar que a tecnologia MST não é exatamente nova: a LoopPay já trabalhou junto de outras empresas que fornecem esta possibilidade de pagamento. A compra da empresa pela Samsung, naturalmente, promete deixar o mecanismo ainda mais popular, vale notar.

O Samsung Pay será lançado primeiramente nos EUA e Coreia do Sul; a chegada do app plenamente funcional à Europa e China está agendada também para os próximos meses – até o momento, o lançamento do sistema de pagamentos sem cartão não foi anunciado para a América do Sul (a tendência do serviço é “viralizar-se” globalmente).

Cupons de desconto TecMundo: