É claro que qualquer aficionado por tecnologia já sonhou ao menos uma vez ter uma casa completamente conectada pela “Internet das Coisas”. Mas sempre que pensamos, há aquele temido problema: de nada adianta ter eletrodomésticos prontos para utilizar essa tecnologia se ela só funciona com uma porcentagem de aparelhos disponíveis no mercado.

A Samsung, uma das gigantes a investirem pesado na área, sabe bem disso. Assim, a empresa anunciou, em sua conferência da CES 2015, que está tornando o seu sistema SmartThings Hub uma plataforma completamente aberta, sem limitação para um sistema operacional específico.

“Existem muitos aparelhos lá fora que estão prontos para fazer parte da Internet das Coisas”, começou o co-presidente da Samsung BK Yoon. “Eles têm o que é preciso em sensores, poder de processamento e conectividade. Isso é o que faz um aparelho IdC”, continuou.

“Nós precisamos de um ecossistema aberto para que aparelhos IdC trabalhem juntos. E nós precisamos colaborar entre indústrias. A Samsung está preparada para ter um papel de liderança aqui... Nós podemos trazer os benefícios do IdC apenas se todos os sensores e dispositivos trabalharem entre si. É por isso que, hoje, em nome da Samsung, eu estou fazendo uma promessa: nossos componentes e dispositivos IdC serão abertos”.

Alguns dos aparelhos já disponíveis a utilizar a tecnologia da SmartThings

Um futuro conectado

Tamanho investimento na tecnologia pode deixar muitos surpresos, mas o fato é que isso não vem à toa: a Samsung planeja ter quase todo o seu catálogo de produtos com suporte à Internet das Coisas. “Até 2017, 90% de todos os produtos da Samsung serão aparelhos IdC, e isso inclui todas as nossas televisões e dispositivos móveis...” explicou Yoon.

Um dos passos que ela vai tomar para isso, em breve, é lançar uma nova versão de seu SmartThings Hub, já na segunda metade de 2015. De acordo com o blog oficial da SmartThings, o aplicativo vai trazer um processador mais poderoso e um motor de aplicativo local, além de uma bateria auxiliar embutida e uma conectividade celular expandida. A ideia é que seus aparelhos IdC possam continuar funcionando, mesmo sem uma fonte de energia ou internet.

Outra das novidades prometidas pela empresa é um novo aplicativo para o Gear S, que permitirá a você controlar todos os seus aparelhos com o SmartThings Hub através do smartwatch. Mas essas são apenas algumas das apostas da Samsung na tecnologia, é claro – e não seria surpresa ver a empresa anunciando ainda mais sobre o assunto em breve (quem sabe, junto do lançamento de sua nova versão do serviço?).

Cupons de desconto TecMundo: