Por muito tempo, a Samsung acreditou que possuir um portfólio extenso seria vital para fazer com que seus smartphones chegassem a todos os mercados consumidores. Não há como negar que foi assim que a empresa coreana conseguiu atingir diversos segmentos, desde os tops de linha até os aparelhos de entrada. Porém, agora parece que o comportamento do mercado está exigindo outras medidas.

No último ano, os lucros da Samsung foram reduzidos em larga escala, e um dos grandes motivos para isso é o crescimento de outras empresas — tanto no segmento de flagships quanto no de dispositivos mais simples. Não apenas empresas conhecidas do mercado da tecnologia, mas entrantes da China também estão dominando diversas parcelas de consumidores.

Por causa disso, a Samsung decidiu reduzir o número de aparelhos disponíveis no mercado. A partir do ano que vem, a fabricante irá cortar um terço dos seus modelos com o intuito de diminuir 30% dos custos de produção dos aparelhos, fazendo ainda com que seja possível compartilhar dispositivos entre os mercados — lembrando que atualmente diversos países possuem modelos exclusivos.

Em resumo, o que a empresa sul-coreana está fazendo é reduzir o número de aparelhos muito parecidos e que são vendidos como diferentes. Será que essas medidas serão suficientes para fazer com que a fabricante volte a oferecer boas margens de lucro aos acionistas? Agora é esperar para ver quais serão os smartphones cortados do catálogo e quais continuarão sendo vendidos em todo o mundo.

Cupons de desconto TecMundo: