Apesar de já ter investido em duas gerações do Galaxy Gear (três, se contarmos a versão Fit), a Samsung não conseguiu deixar uma marca relevante no mundo dos dispositivos “vestíveis”. No entanto, isso não se mostra um desestímulo para a empresa, que deve continuar investindo pesado no segmento: segundo o Wall Street Journey, a companhia sul-coreana está trabalhando em um novo smartwatch equipado com o sistema operacional Tizen.

Segundo a publicação, o novo aparelho deve apresentar a capacidade de realizar ligações sem e enviar mensagens de email sem o auxílio de qualquer phablet ou smartphone — ao contrário do Gear 2, que faz ligações, mas demanda de uma conexão estável com um smartphone pra isso. O aparelho deve apresentar sensores GPS e Bluetooth integrados, além de um monitor de batimentos cardíacos próprio.

Anúncio iminente

A reportagem do Wall Street Journal dá a entender que não devemos ter que esperar muito tempo para conferir mais detalhes sobre o novo produto, que pode ser revelado em junho ou julho deste ano. Vale notar que essa não é a primeira vez que a Samsung anuncia um produto com tais características: em 2003, a empresa chegou a anunciar um telefone capaz de realizar ligações, projeto que foi cancelado sem maiores explicações.

Mesmo que o produto falhe em chamar a atenção do público, isso não deve incomodar o setor financeiro da empresa. Relatos recentes indicam que a companhia está trabalhando em aparelhos semelhantes ao Google Glass e ao Oculus Rift que, embora interessantes do ponto de vista tecnológico, ainda não possuem um mercado consumidor estabelecido — sinal de que a companhia sul-coreana está disposta a perder dinheiro para se estabelecer o mais cedo possível em segmentos que só podem mostrar resultados positivos dentro de alguns anos.

Cupons de desconto TecMundo: