(Fonte da imagem: Reprodução/Geeky-Gadgets)

Com a proximidade da virada do ano, os boatos sobre o Samsung Galaxy S5 não param de surgir. Fala-se que o aparelho está sendo testado pela operadora norte-americana AT&T e que já é possível encontrar as medições do dispositivo no site de benchmarking AnTuTu com o número de modelo SM-G900S, mas até agora não foram divulgados detalhes concretos sobre o falado acabamento em metal do smartphone ou sobre outros detalhes.

Um dos boatos mais forte, no entanto, parece que acaba de ser desmentido em uma reportagem publicada pelo Korea Herald. O jornal cita “fontes familiares com o assunto” de dentro da indústria para afirmar que o novo celular não virá com uma tela curva por conta de limitações para a produção desse tipo de aparelho.

“A atual capacidade para painéis flexíveis ainda não é grande o bastante para o Galaxy S5, que vai sair no começo do ano que vem. Modelos curvados serão revelados no final de 2014 como uma variante da linha, não como um carro-chefe da marca”, afirmou Kim Jong-hyun, analista da empresa coreana Eugene Investment & Securities.

Presente e futuro

As linhas de produção atuais as Samsung são capazes de produzir até 500 mil painéis flexíveis para smartphones por mês com 30% de rendimento, um valor que não chega sequer perto dos milhões de unidades que os modelos top de linha da empresa costumam vender. Além disso, o fato da tecnologia de telas curvas estar em seu início faz com que não traga vantagens o suficiente para garantir um lugar em um aparelho desse porte.

Por enquanto, ainda sabemos pouco sobre o Galaxy S5. As supostas especificações do aparelho incluem um processador de 64 bits, 4 GB de RAM, um display de 5 polegadas com resolução 2K e Android 4.4 KitKat pré-instalado. No entanto, ainda é possível que o novo aparelho passe por algo similar ao S4, que recebeu uma série de variantes como novos recursos após seu lançamento, como o modelo Active, o Zoom e alguns outros.

Cupons de desconto TecMundo: