A partir do ano que vem, a Apple deixará de utilizar as telas de LCD da Samsung em seus produtos. De acordo com o site Slashgear, uma fonte ligada ao corpo executivo da fabricante coreana afirmou que a maior razão para o fim da parceria é a redução de lucros, e não a nova estratégia de preços da Apple. Desconfia-se, no entanto, que a rivalidade entre as duas companhias também tenha pesado para essa decisão.

Apesar de retirar a Apple de sua lista de clientes, a Samsung não terá um impacto negativo em suas vendas. A empresa deve receber mais pedidos de outras companhias, como a Amazon, os quais devem compensar ou pelo menos aliviar a perda da Apple – até então a maior cliente da Samsung.

Nos últimos meses, contudo, a Apple já começou a cortar as suas parcerias com a Samsung, não apenas no setor de telas LCD. No caso, a Maçã começou a fabricar os seus próprios processadores, além de procurar outros componentes de fabricantes diversos. Desse modo, a rescisão do contrato de vendas de telas foi a última ligação que as duas empresas precisavam quebrar e já era algo esperado pela Samsung.

Se a fabricante coreana já estava preparada, o mesmo pode se dizer a respeito da Apple. De acordo com o Slashgear, a companhia começou a cancelar seus pedidos de telas LCD desde o mês passado, além de já ter procurado a LG e a Sharp. Enquanto a empresa ainda não anunciou como irá substituir os componentes da Samsung em seus novos aparelhos, é possível que tudo já esteja planejado há algum tempo pela companhia.

Fonte: Slashgear

Cupons de desconto TecMundo: