Prosperar em um mercado de eletrônicos tão particular quanto o chinês pode alavancar as finanças de uma companhia. Porém, se não seguir as regras de consumo tão específicas do país, ela pode comer poeira das fabricantes locais. É exatamente isso que está acontecendo com a Samsung, que sofreu uma queda brusca no setor de smartphones.

De acordo com a Counterpoint Technology Market Research, a venda de celulares Samsung no primeiro trimestre de 2017 comparado com o mesmo período do ano passado caiu em nada menos que 60%.

Agora, a empresa tem apenas 3,3% da fatia de mercado local, caindo dos 8,6% que mantinha em 2016. Ela é superada de longe por marcas como Huawei (a líder isolada, com 19,7%), Oppo (17,5% com tendências de crescimento) e Vivo (na cola, com 17,1%).

Por que isso acontece?

De acordo com o analista Jeon Byeong-seo, da China Economy and Finance Research, são três os fatores que explicam a derrocada da Samsung — e o sucesso das marcas regionalizadas — no país.

O primeiro é o preço: com modelos top de linha e intermediários mais caros que as demais marcas, a empresa não atrai consumidores só pelo nome. O segundo é a forma de venda estritamente offline, enquanto o público chinês agora prefere comprar pela internet em pré-vendas acirradas. Com essa estratégia, ela está presente em mais partes da China e em regiões onde o e-Commerce ainda não é popular. Porém, a comercialização online massiva combinada com o varejo é que faz a diferença. A Xiaomi, por exemplo, faz o contrário e precisa fortalecer a parte física dos seus produtos para ingressar no "top 3".

São três fatores: preço alto, presença só offline e falta de serviços localizados

Por fim, a Samsung não tem serviços e apps localizados, um dos atrativos favoritos do público chinês — seja em formato de redes sociais ou jogos e utilitários.

E por que precisamos prestar atenção no mercado chinês? Assim como acontece no cinema, o país mais populoso do mundo pode ajudar bastante a alavancar um produto e trazer resultados financeiros que salvem um projeto.

Cupons de desconto TecMundo: