Já faz anos que a Samsung é a maior fabricante de smartphones do mundo. Desde 2008, a empresa vem acumulando sucessos no mercado — sendo considerada uma das empresas que melhor aproveitou o momento da mudança dos feature phones para os smartphones. Mas por causa dos problemas já conhecidos do Galaxy Note 7, a empresa coreana não teve bons resultados no último trimestre.

De acordo com o relatório fiscal da companhia, o terceiro trimestre de 2016 conseguiu apenas US$ 4,6 bilhões em lucros. Este valor é bem inferior aos US$ 6,4 bilhões do trimestre anterior e o pior resultado nos últimos dois anos. Em resumo: foi uma queda bem brutal de 28,125% nos lucros da companhia asiática.

Se considerarmos apenas a divisão Mobile da Samsung, o lucro trimestral foi de apenas US$ 87 milhões e esse é o menor valor conseguido pela divisão desde o início da era dos smartphones. Vale lembrar que o recall e os retornos dos Galaxy Note 7 vão custar vários bilhões de dólares e têm efeitos também na imagem da empresa frente ao mercado.

Se considerarmos apenas a divisão Mobile da Samsung, o lucro trimestral foi de apenas US$ 87 milhões

A grande "sorte" da Samsung é não basear os negócios apenas no Mobile. As operações em componentes eletrônicos, fabricação de telas e outros negócios continua gerando muito dinheiro e isso ajuda a companhia a ficar "no azul".

Será que o próximo trimestre vai ter números melhores?