Celulares com telas tão flexíveis a ponto de serem dobráveis já são uma promessa da indústria há anos, especialmente da Samsung. Mas parece que a fabricante sul-coreana está finalmente atingindo um ponto ideal para que a tecnologia se torne comercializável.

Fontes ligadas ao site Bloomberg informaram que a Samsung planeja o lançamento de dois smartphones desse tipo já em 2017. A divisão responsável é chamada de "Project Valley" internamente, segundo o informante.

Um dos aparelhos seria, à primeira vista, um celular com tela de 5". Porém, a tela pode ser desdobrada e usada também como um tablet de 8". O segundo dispositivo é um smartphone que pode ser "fechado" pela metade, como se fosse uma carteira ou uma embalagem de pó compacto de maquiagem. O diferencial, claro, é que os dois lados do eletrônico seriam um display capaz de reproduzir conteúdo.

É hora do show

Achou familiar? Acontece que os dois conceitos já haviam sido apresentados em um vídeo de 2014:

Bastante empenhada na fabricação de telas OLED para dispositivos móveis, a Samsung já revolucionou o mercado de displays com a linha "edge", que conta com um display curvo em uma das laterais do aparelho. Agora, portanto, seria a vez dos flexíveis.

A revelação do primeiro ou até dos dois dispositivos já pode acontecer em fevereiro, durante o próximo Mobile World Congress, ou MWC 2017. A ideia seria ter uma vantagem de vários meses em relação à Apple no mercado do ano que vem, já que iPhones de nova geração só costumam sair em setembro.

Resposta da Samsung

Ao site Cnet, a Samsung emitiu um comunicado oficial sobre a reportagem da Bloomberg. A resposta foi direta e era a esperada: "Nós não podemos comentar especulações de mercado", afirmou o porta-voz da marca.

Cupons de desconto TecMundo: