Embora o conjunto formado pelos celulares mais recentes da linha Galaxy S e pelos óculos de realidade virtual da mesma marca já ofereça uma experiência VR bem interessante, rumores indicam que a Samsung quer apostar em um kit que vai mais direto ao ponto. A ideia, ao que parece, é criar um novo Gear VR com tela integrada e independente de outros dispositivos.

A informação veio diretamente da Coreia do Sul e tem como base um pedido da empresa a fornecedores locais. Segundo uma fonte ligada à indústria, a Samsung Display teria encomendado a um parceiro a produção de displays do tipo Fine Metal Mask com 2.000 ppi. O que isso quer dizer, na prática? Basicamente, a companhia está apostando em um headset de realidade virtual que pode superar com uma boa folga tanto os modelos atuais da marca quanto produtos de outras empresas atuantes nesse setor.

Imagine dispensar o celular e aprimorar a experiência?

Afinal, enquanto a tecnologia FMM, que é um dos componentes básicos dos painéis OLED, pode dar origem a imagens mais brilhantes e com ótima reprodução de cores, a escolha de uma tela de altíssima resolução coloca o possível novo Gear VR consideravelmente acima, em qualidade e definição, do aparelho líder nesse quesito, o Oculus Rift – que tem apenas 460 ppi. Claro que a Samsung não negou nem confirmou essas informações e também não há qualquer perspectiva para o lançamento ou o preço de um produto nesses moldes.

Esse headset da Samsung pode superar um dos grandes desafios do setor

Mesmo assim, não deixa de ser interessante pensar como esse headset da Samsung pode superar um dos grandes desafios do setor: a sensação de enjoo durante esse tipo de experiência. Embora estudos indiquem que o olho humano não consiga diferenciar muito bem detalhes acima de 300 ppi, pesquisas recentes mostram que é preciso ao menos 1.000 ppi para que o VR pareça mais natural à nossa mente. Com 2.000 ppi a tiracolo, esse Gear VR stand alone pode acabar se tornando um marco e ajudar a popularizar a realidade virtual.

Cupons de desconto TecMundo: